A História e Evolução do Jornal no Brasil - Blog Accurate Blog Accurate

Homem segurando o jornal em papel e o celular

A História e Evolução do Jornal no Brasil

Entenda mais como iniciou essa história.

Conhecer a História e Evolução do Jornal no Brasil é entender a nossa história e seus acontecimentos importantes.

Desde o primeiro jornal fundado e editado no Brasil em 10 de Setembro de 1808 até os dias de hoje, esse veículo de comunicação foi e continua sendo importante para a sociedade.

Além de informar, o Jornal tem o papel de educar e ser palco para diversas transformações sociais ocorridas ao longo dos tempos.

Para isso foi preparado esse conteúdo com alguns dados históricos importantes de saber sobre o Jornal no Brasil.

Um pouco sobre a História do Jornal

O jornal é um veículo de informação utilizado há mais de 2 mil anos, tendo seu início com o imperador romano Júlio César (100 – 44 a.C).

Ele criou a “Acta Diurna”, onde eram divulgadas as suas conquistas militares, esta ata foi considerado o primeiro jornal do mundo. 

As informações dispostas ali eram escritas em tábuas e fixadas nos muros das principais localidades do império. 

Na China, no final da Dinastia Han, circulava na corte o Tipao, que reuniam as principais informações sobre o governo. 

Entre 713 – 714 d.C, foi publicado o “Kaiyuan Za Bao” – jornal da corte – cuja escrita era realizada na seda de forma totalmente manual.

Contudo, foi somente com a invenção da Prensa de Gutenberg no século XV que foi possível o surgimento dos jornais como conhecemos. 

Mesmo com diversos relatos de atividades jornalísticas e de imprensa, anteriores à prensa é só a partir dela que torna-se possível a produção em massa dos jornais impressos.

História do Jornal no Brasil

No Brasil, a história do jornal se iniciou em 13 de maio de 1808 na cidade do Rio de Janeiro, com a chegada da família real portuguesa, que trouxe junto uma imprensa.

Essa Imprensa trazida pela família real era denominado na época de Impressão Régia, hoje conhecida como Imprensa Nacional. 

Até o momento era proibida no país qualquer tipo de trabalho de imprensa seja de livros ou jornais.

Com a chegada da Imprensa, em 10 de setembro de 1808, o primeiro jornal brasileiro surgia o: “Gazeta do Rio de Janeiro”, 

O jornal era o órgão oficial do governo português, que havia se refugiado na colônia americana, tendo todas suas publicações um caráter favorável ao governo. 

No mesmo ano Hipólito José da Costa, que se encontrava exilado em Londre, lança o “Correio Braziliense” no dia 1 de Junho.

Por ter sido produzido em Londres o jornal só desembarcou na cidade do Rio de Janeiro em Outubro de 1808.

O papel do jornal era surgir como voz da oposição criticando entre outras coisas, os problemas administrativos.

Mesmo se declarando conservador, o jornal por conta de seu conteúdo foi proibido no Brasil.

Censura e Liberdade de Imprensa

Além da proibição ao Correio Braziliense, a Imprensa Régia também sofria uma certa censura prévia, tendo todas as suas publicações analisadas por uma comissão.

Assuntos que fosse contra a religião, governo e bons costumes, eram barrados de serem veiculados.

Em 28 de agosto de 1821 acontece a extinção à censura prévia por conta da deliberação das Cortes Constitucionais de Lisboa. 

Em 1824 com a Promulgação da primeira Constituição do Brasil surgia a total Liberdade de Imprensa no Brasil.

No entanto, a censura voltaria a atacar a Imprensa muitos séculos depois com a Ditadura Militar de 64.

Em especial com a promulgação do Ato Institucional AI-5 de 1968, que previa censura prévia e perseguição aos veículos de imprensa que opusessem ao governo militar.

A censura da Ditadura Militar caiu com a promulgação da Constituição de 1988 que mais uma vez definia a total Liberdade de Imprensa no Brasil.

Evolução e Papel do Jornal nos dias de Hoje

A Evolução Tecnológica em especial da Internet e Redes Sociais fez com que os jornais precisassem assim como todo mundo evoluir e se adaptar à nova realidade.

Das pedras e tábuas, foram para os papéis de seda escritos à mão, papéis impressos em grande quantidade e atualmente jornais online.

Ou seja, o jornal continuará sempre vivo não importando a forma como será a sua circulação na sociedade.

Esse veículo é, e continuará sendo muito presente em nossa rotina, trazendo informações e dados essenciais da realidade em que vivemos.

E não só isso, os jornais são fonte essenciais de debate e questionamento políticos, sociais, econômicos, culturais, etc. Sempre buscando auxiliar na evolução da sociedade.

Não podemos então, deixar de comemorar e celebrar o surgimento do jornal, agradecendo e reverenciando cada evolução e luta que foram passadas.

Conheça a Accurate

A Accurate é uma empresa de tecnologia que trabalha diariamente para desenvolver, implantar e sustentar ferramentas eficientes nos negócios.

Nós entendemos a necessidade do cliente e montamos um projeto totalmente personalizado para o cliente.

Conheça hoje mesmo a Accurate e as soluções que podemos criar para o seu negócio.

E não deixe de continuar acompanhando o Blog e também as Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin e YouTube.

Autor

Gabriela Garabedian
Gabriela Garabedian
Designer UX. Apaixonada por tecnologia e comunicação. Estudante em constante evolução.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *