Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos, Conheça tudo sobre a Data Blog Accurate

Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos

Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos, Conheça tudo sobre a Data

Você sabia que o Brasil tem um Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos? Pois é, esse dia é comemorado no dia 30 de Janeiro. 

A data em questão faz alusão à publicação da primeira HQ – História em Quadrinhos no país. 

Esse gênero literário que tem origem no final do século XIX, tornou-se mais do que uma leitura esporádica tornando-se para muitos casos um item colecionável. 

Por isso, a Accurate sabendo que seu time e muitos profissionais de tecnologia são fissurados nessa cultura, preparou esse conteúdo contando um pouco de história. Acompanhe!

Quando surgiu as Histórias em Quadrinhos, HQ ‘s?

Muito se discute sobre a Origem do gênero de Histórias em Quadrinhos, a grande maioria aponta os Estados Unidos como berço dessa cultura. 

Para ser mais específico, estamos falando de Richard Outcault em 1895 com a tirinha The Yellow Kid publicada em jornais de Nova York.

Yellow_Kid_1898-01-09The Yellow Kid, primeira HQ que se tem conhecimento no mundo. Fonte: Wikipédia

Este é o pontapé para o modelo atual de HQ’s que lida com personagens fixos, dispostos em caixas, com balões de falas, uso de onomatopeias, etc.

Contudo, foi na virada do século XIX para o XX que o gênero se popularizou no mundo, tomando formas locais de cada país ou região do Globo. 

Além disso, cada local foi dando nomes às suas produções de quadrinhos: nos EUA, chamam de “comic”, no Brasil de “gibi” por muito tempo, no Japão temos o “mangá”, etc.

Esse gênero tornou-se tão popular que, além de conquistar crianças, arrebatou adultos e colecionadores ao redor de todo o mundo. 

A popularização dessa forma lúdica de contar estórias se deu de uma vez por todas em 1930, com as publicações em jornais e revistas.

Histórias em Quadrinhos no Brasil

No Brasil as primeiras HQ’s que se tem notícia são datadas de 1869 e foram escritas e desenhadas por Ângelo Agostini, um imigrante italiano.

Em 30 de Janeiro do ano em questão foi publicado no periódico “Vida Fluminense” a primeira edição de “As Aventuras de Nhô Quim”.

A publicação em questão é tida como a primeira história em quadrinhos genuinamente brasileira.

Nessa história é apresentada a imagem de um caipira, que se tornou um dos principais símbolos da cidade de Piracicaba do estado de São Paulo.


Nhô_QuimAs Aventuras de Nhô-Quim, primeira HQ brasileira. Fonte: Wikipedia

Foi o trabalho desenvolvido por Agostini que pautou o desenvolvimento do formato em terras brasileiras, com histórias contínuas, comicidade e crítica política.

Além de ser tido como o patrono das HQ’s brasileiras, Ângelo foi um dos fundadores da Revista Tico-Tico, uma das mais importantes do gênero em quadrinhos na época.

Em 1960 surge a primeira revista em quadrinhos colorida, que no Brasil se popularizou com o nome de Gibi.

A Turma do Pererê é essa primeira publicação, desenvolvida pelo cartunista Ziraldo, trazia elementos do folclore e cultura nacional.

Paralelamente, no mesmo período surge o Gibi de maior sucesso do Brasil: A Turma da Mônica, criada por Mauricio de Sousa e que hoje chega a mais de 40 países.

Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos, quando surgiu?

No Brasil, o Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos ou Dia do Quadrinho Nacional é celebrado no dia 30 de Janeiro.

A data em questão recorda a publicação da primeira história em quadrinho, feita por Ângelo Agostini no final do Século XIX.

Por conta disso, a Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo, em 1984, instituiu tal celebração.

Paralelamente a isso foi criado o Prêmio Ângelo Agostini que premia e prestigia profissionais da área.

Dessa forma, a Academia Brasileira de Letras e a Associação Brasileira de Imprensa, adotou 30 de Janeiro como o Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos.

Histórias em Quadrinhos, Febre Mundial

Por ser de fácil compreensão e assimilação das histórias ali contadas, as HQ’s se tornaram uma febre mundial. 

Sua linguagem coloquial, disposição de desenhos e utilização de elementos textuais simples cativou o público e transportou uma legião de fãs. 

De Mafalda a Hagar o Incrível e passando por Asterix e Obelix temos exemplares famosos e que em muitos casos tornaram-se itens de colecionadores. 

Um gênero que tem uma legião de leitores são as HQ’s de super heróis, assim como os mangás japoneses. 

Exemplo claro desse sucesso, são as adaptações cinematográficas de HQ’s como as do X-men, Os Vingadores, entre outros. 

Assim como os animes japoneses que em sua grande maioria são adaptações de mangás famosos. 

Seja em seus modelos infantis que tem o objetivo de entreter ou nas grandes histórias de super heróis, as HQ’s são uma febre longe de acabar o seu reinado. 

Conheça a Accurate

A Accurate é uma empresa de tecnologia que busca sempre entregar inovação e as melhores soluções aos seus clientes. 

Tudo isso investindo em um time de colaboradores que além de antenados a todas as novidades do mercado, são apaixonados por cultura geek, como HQ’s. 

Se você é um profissional da área e tem interesse em saber mais ou fazer parte da equipe Accurate, acesse a página de carreiras temos sempre vagas abertas.

E se você gostou desse conteúdo, compartilhe-o com seus amigos e deixe seu comentário dando sugestões de novos posts para o Blog da Accurate.

Não deixe também de acompanhar as nossas Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin e YouTube.

Autor

Accurate
Accurate
Inovação faz parte do nosso DNA, nascemos com a missão da “busca constante de domínio de novas tecnologias de informação para fornecermos as soluções mais adequadas às necessidades do negócio dos nossos clientes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *