Design Thinking e UX: Veja como melhorar a Experiência do Usuário Blog Accurate

Design Thinking

Design Thinking e UX: Veja como essa Relação melhora a Experiência do Usuário

Design Thinking e UX são dois caminhos para que o desenvolvimento de soluções e ofertas de produtos e/ou serviços seja a mais eficiente possível ao cliente. 

O centro das ações sempre foi, é e sempre será o que o cliente deseja e consome, e portanto, ele deve ser o centro no momento de desenvolver o que será oferecido ao mesmo. 

Por esse motivo ter como foco a Experiência do Usuário UX é essencial nos dias de hoje, melhor ainda se essa for construída com o auxílio de metodologias como o Design Thinking.

Então vem com a gente, e entenda como a relação entre essas duas coisas podem favorecer a melhor Experiência do Usuário. 

Entendendo o UX Design

O UX Design ou design da experiência do usuário é o processo que visa melhorar a satisfação do usuário com um produto ou serviço, melhorando a usabilidade, a acessibilidade e até mesmo a satisfação proporcionada na interação, indo de encontro às necessidades do usuário e/ou cliente.

Falamos então, do Design seja digital ou físico dos produtos realizado de acordo com as necessidades e expectativas do usuário.

Por mais que a tecnologia esteja altamente evoluída, o humano sempre deve ser a base das ações, ou seja, é preciso entender o que o cliente deseja, seus hábitos e tudo mais que possa influenciar na usabilidade da solução. 

Neste sentido, o UX serve para estudar, criar, testar e oferecer soluções assertivas e que garantam a melhor usabilidade ao público. 

… e qual a Diferença entre UX e Design Thinking?

Enquanto o UX é uma técnica de desenvolvimento como um todo, que pensa no Design da solução por completo, o Design Thinking busca solucionar problemas específicos. 

Design Thinking é definida como uma metodologia, cuja tradução significa desenvolver pensando e buscando através da troca de ideias solucionar problemas complexos para os clientes. 

Essa metodologia consiste na inserção de uma Cultura Organizacional nas empresas cujo princípio é a criação compartilhada de soluções para solucionar problemas específicos. 

Tudo isso através da intuição, testes e criatividade por parte dos usuários, buscando assim a resolução de problemas. 

De forma geral então, o UX está mais ligado ao todo do produto e seu desenvolvimento, enquanto o Design Thinking é uma das técnicas para o processo de desenvolvimento. 

Suponhamos que o objetivo é desenvolver um e-commerce, porém, identificou-se que a principal dificuldade dos usuários é finalizar a compra depois de colocar no carrinho. 

O UX, vai pensar a usabilidade como um todo desse e-commerce, enquanto o Design Thinking pode ser usado somente para solucionar a dificuldade de finalização de vendas. 

Portanto, o Design Thinking está contido no UX, porém este cai além daquele e aquele também pode ser usado fora do UX.

Os 5 estágios ou passos do Design Thinking

O Design Thinking se desenvolve em cinco passos, o primeiro é a Empatia onde se entende as necessidades e desejos do público, em especial o desafio a ser solucionado. 

Seguindo, temos a Definição que é o passo onde se transforma as informações coletadas no passo anterior em bases de ideias e insights. 

Nesse segundo passo pode-se realizar definições de Persona, Mapa Mental, Jornada de Consumidor e outras ações que favoreçam a criação de ideias para a solução do problema.

Chegando ao terceiro passo é o momento da Ideação ou como é comumente conhecido o Brainstorming, onde se realiza a coleta e troca de ideias com todos os envolvidos. 

Depois é o momento de Prototipação das ideias, entregando protótipos com funções mínimas e essenciais para a solução do problema. 

Por fim, o último passo é a Validação através dos testes com clientes ou usuários reais, e assim validando ou não a ideia e a solução do problema. 

Como UX e Design Thinking se relacionam?

Como dito e mostrado, UX e Design Thinking são duas coisas diferentes porém são similares e complementares.

O Design Thinking e UX se relacionam então quando o primeiro proporciona ao segundo a criação de soluções que além de resolver problemas garantem a melhor usabilidade das ferramentas. 

Ou seja, é a junção dos dois mundos: solução de problemas com a melhor usabilidade para o usuário. 

Utilizando-se do Design Thinking, o UX pode garantir experiências e soluções cada vez mais personalizadas e eficientes aos usuários e clientes. 

A necessidade do usuário é o centro das ações das empresas e precisa sempre estar no foco do desenvolvimento dos negócios. 

Utilizando-se do Design Thinking o UX pode garantir que o cliente esteja cada vez mais próximo do negócio, garantindo que os investimentos e ações vão de encontro a ele.

Ou seja, há uma melhor gestão de investimentos, garantindo que ele vá para o lugar certo e também que a equipe trabalhe com alta performance focada no objetivo. 

Vem com a Accurate e as melhores técnicas de Desenvolvimento

Na Accurate, além de oferecer as melhores soluções ao mercado, buscamos utilizar as mais recentes e eficientes técnicas para isso. 

Se você quer conhecer mais disso, acesse o nosso site e acompanhe as nossas Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin e YouTube.

E se for um profissional da área, veja as nossas vagas em aberto na página de carreiras e venha fazer parte da nossa equipe; 

Não deixe também de comentar e continuar acompanhando o Blog da Accurate.

Autor

André Virgilio
André Virgilio
UX Designer apaixonado por aviões e artes marciais, é professor de Judô e Jiu-jitsu nas horas vagas.
Está sempre ouvindo algum podcast ligado a UX Design, Gestão de pessoas ou Tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *