Guia do Dev Full Stack: O que é, Como se tornar um | Accurate Blog Accurate

Dev Full Stack

Guia do Dev Full Stack: O que é, Como se tornar um e Panorama do Mercado de Trabalho 

O Dev Full Stack é uma das profissões que foram surgindo com a crescente onda da transformação digital, acelerada ainda mais pela pandemia que estamos vivenciando.

A área de TI vem se tornando, nesse panorama, um dos principais focos de crescimento das empresas, desde pequenas startups como em grandes corporações. 

Com isso, o mercado de trabalho nesse ramo está aquecido e a procura por profissionais cada vez mais qualificados tem se intensificado.

A busca por desenvolvedores full stack cresceu muito nesse período para que essa transformação digital aconteça o mais rápido possível e se adeque a essa nova realidade.

Nesse momento, muitas perguntas devem estar surgindo em sua cabeça: que tipos de profissionais as empresas buscam? Como se tornar um desenvolvedor full stack? E ainda: Como está o mercado de trabalho atualmente?

Vamos responder juntos cada uma destas perguntas no decorrer deste artigo. Acompanhe!

Mas afinal, o que é um Dev Full Stack?

Um Dev (Desenvolvedor) Full Stack é a pessoa que possui conhecimento para participar de todo o ciclo de desenvolvimento de um software, ou seja, ele tem habilidades de um front-end e de um back-end. 

Dessa forma, é compreensível que as empresas estejam buscando cada vez mais bons profissionais que dominem esse ramo.

Mas não pense que a vida de um desenvolvedor full stack é fácil, esses profissionais precisam estar dispostos a sempre saírem da sua zona de conforto e se aventurarem a aprender novas tecnologias e novas habilidades.

Quais habilidades têm um bom Desenvolvedor Full Stack?

Uma das principais características de um desenvolvedor full stack é ser apaixonado por tecnologia.

Isso porque será necessário o aprendizado e estudo constante neste universo que envolve tanto as habilidades de front-end quanto de back-end. 

Para que fique claro as habilidades necessárias para um Dev Full Stack entenda abaixo o que faz um Desenvolvedor Front-end e um Back-end:

Desenvolvedor Front-end

O desenvolvedor front-end é responsável pelo conteúdo que visualizamos nas aplicações, por isso o domínio de HTML e CSS é importantíssimo. 

Mas não é somente a criação de telas, o Front-end também domina uma série de tecnologias e habilidades, algumas delas são:

  • Dominar HTML e CSS;
  • Linguagem Javascript;
  • Criação de design responsivo;
  • Pré processadores CSS;
  • Conhecer alguns frameworks/bibliotecas (ex. AngularJs, ReactJs, VueJs);
  • Noções de performance e SEO;
  • Conhecimento em testes unitários;
  • Atender aos múltiplos navegadores e suas diferenças;
  • Utilização de ferramentas de desenvolvimento do navegador.

Desenvolvedor Back-end

O desenvolvedor back-end, por sua vez, trabalha nos bastidores das aplicações.

Ou seja, ele é responsável por disponibilizar as informações que serão apresentadas, manipular e armazenar os dados corretamente, bem como garantir a segurança dos mesmos. 

A seguir, veja a lista de algumas tecnologias e habilidades que os desenvolvedores back-end utilizam:

  • Domínio de lógica e linguagens de programação;
  • Persistir e manipular dados em banco de dados (SQL);
  • Sólido conhecimento de estrutura e modelagem de dados
  • Manipulação de JSON/XML;
  • Conhecimento do funcionamento de servidores;
  • Criação de API (ex. REST, SOAP)
  • Manter a aplicação sempre atualizada;
  • Conhecimento em testes unitários;
  • Segurança de dados;
  • Arquitetura de sistemas.

Compreende-se então, a partir do que foi apresentado, que um Desenvolvedor Full Stack precisa ter conhecimento de tudo que envolve uma aplicação.

Ele é então, um profissional que contribui em qualquer lugar dentro de uma equipe de desenvolvimento conforme a necessidade do projeto.

O mercado de trabalho é realmente promissor?

A abertura de vagas no segmento de TI tende a permanecer alta por muito tempo, uma vez que as empresas precisam se adequar cada vez mais para atender as transformações digitais, entre elas:

  • criar novas tecnologias para trabalho a distância; 
  • criar aplicações para vendas online;
  • aumentar a divulgação de seus produtos em redes sociais; 
  • criar aplicações que criem inovação dentro do ramo que atuam, entre outros. 

Todas as habilidades citadas anteriormente de um desenvolvedor full stack se encaixa perfeitamente nesse cenário, onde a dinamicidade e o entusiasmo por novos desafios são primordiais. 

Assim, esse perfil de profissional é altamente valorizado no mercado de trabalho, pois ele possui a flexibilidade para atuar em qualquer área do projeto e dessa forma ajudar no crescimento e desenvolvimento dos mesmos.

Venha ser um Dev Full Stack aqui na Accurate

A Accurate está sempre incorporando em seus projetos o melhor da tecnologia e dos profissionais do mercado de TI.

Se você está disposto a encarar esse novo desafio de ser um desenvolvedor full stack aqui, cadastre-se na nossa página de carreiras.

Acompanhe também nosso blog que sempre compartilhamos conteúdos e dicas interessantes para você que está iniciando sua carreira ou já está na área. 

Siga também nossas Redes Sociais:  Facebook, Instagram, Twitter, Linkedin e YouTube.

Autor

Thatiane Kawabata
Thatiane Kawabata
Graduada e mestre pela UNESP, atua com frentes de liderança e arquitetura de sistemas. Gosta de aprender e discutir sobre novas tecnologias e boas práticas de desenvolvimento. Além desse universo, ama estar com a família, assistir filmes e séries, ler e viajar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *