Big Data a tecnologia das análises - Blog Accurate Blog Accurate

Pessoas realizando a análise com a tecnologia do Big Data

Big Data a tecnologia das análises

Entenda como o Big Data auxilia nas suas análises.

Quando usar Big Data?

Big Data é a tecnologia que normalmente se refere a uma quantidade monumental de dados estruturados, não-estruturados e semiestruturados, onde são aplicadas ferramentas com o propósito de obter informações úteis e direcionadas para auxiliar na decisão do seu negócio.

Big Data se apoia em três fatores, conhecidos como ‘Os 3 Vs do Big Data’:

Isso nos dá a capacidade de processarmos informações complexas, como as de mídias sociais, sites, documentos não estruturados e fazer análises em cima deles. O que nos abriu um leque de possibilidades que antes eram quase impossíveis, pelos métodos tradicionais

Onde Big Data é a tecnologia que já utilizamos.

A utilização de redes sociais, documentos digitais e armazenamento em nuvem, faz com a quantidade de informação disponível sobre qualquer indivíduo seja enorme. E as empresas estão em busca de como melhor aproveitar essa enxurrada de informações que cresce a cada segundo.

Por isso já conseguimos perceber grandes aplicações de Big Data no nosso mundo.

Processamento de dados estruturadas

Com o aumento de pessoas no mundo, as bases estruturadas ficaram cada vez maiores e foi necessário desenvolver novas ferramentas para processamento dessa massiva quantidade de dados.

Só para citar alguns exemplos de utilização para melhorar os processos existentes, temos governos aplicando bases unificadas de cadastros, bancos fazendo uma classificação mais precisa e calculando melhor os riscos de cada cliente ou negócio, telecomunicações fazendo melhor uso de informações de utilização e consumo de dados dos clientes, fábricas podendo otimizar seu estoque com melhores predições de insumos, e grandes varejos conseguindo um melhor controle e prevenção de perdas.

Processamento de dados não estruturados

Você já parou para pensar na quantidade de informação que é gerada e que não vem estruturada de forma alguma. O Big Data possui ferramentas que auxiliam no processamento de informações em forma de texto, como web sites. E um dos maiores exemplos que temos aqui é o Google e a sua ferramenta de busca.

Existem outras ferramentas que reúnem informações de diversas fontes baseado no que você quer saber ou até no que você nem saberia que poderia descobrir. Aqui temos análises de artigos submetidos em Universidades, como um grande exemplo.

Análises de mídias sociais

Atualmente, as mídias sociais são a fonte mais abundante de informações. E todo mundo já percebeu o quão importante é coletar e processar tudo isso. E o Big Data nos fornece a capacidade e velocidade necessárias para tal.

Uma boa utilização dessas ferramentas, pode dar um poder sem igual para uma marca ou empresa. Quem nunca conversou sobre ou fez uma pesquisa sobre um determinado assunto só para quando entrar nas redes sociais ver uma propagando exatamente sobre aquilo? Parece que estavam lendo nossas mentes! Mas não é magia, é apenas tecnologia e a utilização de informações cedidas nas redes sociais.

Predição e melhor análise comportamental de clientes de plataformas de mídias

Numa era onde a TV perde cada vez mais espaço para a grande variedade de plataformas de streamings, é muito importante que essas plataformas saibam como manter o espectador satisfeito e fiel. Quando você tem à disposição milhares de títulos é difícil decidir o que assistir ou ouvir. Ora, então porque não deixar o Big Data escolher para você?

Ao analisar os gostos e comportamentos de clientes, as plataformas são capazes de fazer sugestões cada vez mais acuradas para seus clientes.

Geolocalização

Se você tem um telefone celular, é possível que uma empresa saiba onde você está. E saber processar essa informação em tempo hábil é para o que o Big Data é utilizado nesse cenário.

E, aqui, não estamos falando apenas de sugestões comerciais, mas também de rastreamento de entregas, veículos e visitas técnicas e cargas. O processamento dessas informações pode ajudar na segurança e na predição de tráfego, além de trazer informações mais precisas para os clientes.

Onde mais eu posso usar Big Data?

Agora que já sabemos algumas principais utilizações, surge a grande pergunta que muitas empresas, principalmente as médias e pequenas, se fazem: ‘Mas eu posso usar?’

Além da possibilidade de processar uma enorme quantidade de dados, outro benefício são os tipos de ferramentas e a possibilidade de aplicações em problemas que antes não pareciam ter uma solução tecnológica.

Aqui a gente poderia citar vários exemplos genéricos de aplicação de Big Data em pequenas e médias empresas, mas acho importante trazer isso para uma realidade que conhecemos.

Organização de informações em diversas fontes e formatos

Se você tem uma empresa imobiliária, contábil ou qualquer tipo de serviço, na verdade, e ela tem mais que 10 anos de mercado, talvez até menos, é muito grande a chance de você ter que enfrentar pelo menos uma dessas situações:

  1. documentos em papel impresso.
  2. documentos escaneados.
  3. informações em diferentes sistemas ou tabelas.
  4. informações em e-mails.

Todas essas informações podem ser processadas e transformadas em conhecimento para a sua empresa. Os profissionais mais antigos podem contar como as coisas eram no tempo deles. Ou você pode fazer uma busca por tipos de imóveis mais comprados e alugados no início dos anos 2000. Ou ainda fazer uma análise de como os impostos mudaram ao longo do tempo e que tipo de previsão financeira você pode fazer para um determinado ramo de negócio ao comparar negócios similares que foram bem-sucedidos ou não. Veja bem, em nenhum dos dois casos você estará divulgando informação privilegiada, você só terá uma visão mais estruturada e amparada em dados de um conhecimento que já é da sua empresa e isso pode ajudar na tomada de melhores decisões.

Saber identificar quais serviços funcionam melhor para cada tipo de cliente, muitas vezes é baseado em intuição, mas essa intuição pode ser confirmada ou refutada através de análises de padrões e comportamentos dos clientes no decorrer do tempo.

Se os métodos da sua empresa não são mais tão eficientes quanto antes, pode ser que os seus clientes estejam mudando e você ainda não percebeu. Uma análise dos seus dados pode identificar uma tendência que, de outra forma, se levaria muito mais tempo para ser notada. E tempo, assim como informação, é extremamente valioso.

Utilização de nuvem

Sem saber, as empresas já estão se beneficiando das vantagens do Big Data, principalmente quando se fala de utilização de nuvem.

Subir um arquivo na nuvem, utilizar armazenamento e processamento em nuvem, utilizar processamento online, esses recursos são cada vez mais comumente utilizados por todo tipo de empresa.

Já é possível fazer apresentações online de forma gratuita com poderosas ferramentas gráficas, assim como edição em arquivo por várias pessoas simultaneamente. Isso tudo só é possível com o poder do Big Data por trás de tudo.

Mídias Sociais

Mas se esses exemplos não servem para a sua empresa e você ainda acha que não tem como usar Big Data, bom eu tenho duas palavras para você: mídias sociais.

Se você utiliza mídias sociais para vender ou promover sua marca, produto ou serviços, essas ferramentas são para você também, saber o que seus clientes estão comentando ou suas preferências e necessidades pode fazer a diferença.

E se você já utiliza alguma plataforma de monitoramento de redes sociais, provavelmente, você já está usando uma dessas ferramentas, mesmo que indiretamente.

E, assim, você pode dar soluções personalizadas para seus clientes, saber como criar engajamento e aumentar o seu alcance.

O futuro já chegou

E, com certeza, você não quer ficar para trás. Utilizar a tecnologia Big Data e se aproveitar dos seus benefícios pode ser o diferencial que sua empresa precisava.

Já estamos na era da informação e saber utilizá-la da forma mais eficiente e eficaz vai ajudar sua empresa a prosperar.

Mas não se esqueça que o Big Data não é a solução para todos os males do mundo, mas, com certeza, ele pode ajudar a identificar as informações referentes a eles.

Autor

Accurate
Accurate
Inovação faz parte do nosso DNA, nascemos com a missão da “busca constante de domínio de novas tecnologias de informação para fornecermos as soluções mais adequadas às necessidades do negócio dos nossos clientes”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *